Operação Benedeta: Polícia Federal indicia 14 pessoas

Policia

Polícia Federal concluiu o inquérito aberto após a Operação Benedeta e que apurou irregularidades cometidas na administração pública sobre contratos com de financiamento para pavimentação entre Caixa e Governo Municipal. No documento encaminhado a Justiça a Polícia Federal indica o indiciamento de 14 pessoas. Na lista dos indiciados aparecem o prefeito de Urussanga Gustavo Cancellier, que está afastado das funções, o irmão do prefeito e o ex-secretário de obras.

Os indiciamentos são pela prática dos crimes de organização criminosa; desvio de recursos, extravio, sonegação ou inutilização de livro ou documento; falsidade ideológica e peculato. De acordo com os dados apurados pela Polícia Federal, um dos contratos teria sido superfaturado em mais de 640 mil reais. Agora o caso fica aos cuidados da Justiça.

Por Anderson de Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *