Jaguruna e Jaguarunenses Precisam de Mais Atenção

Jaguaruna

 

Em nossa cidade falando apenas do centro ,deixando para traz  as comunidades e os balneários é preciso fazer uma grande reflexão, o poder público  parece estar engessado ,e por outro lado o povo não ajuda a manter a cidade limpa, assim vamos seguindo sempre aos trancos e barrancos, são praças   tomadas pelo mato, locais próximos aos pontos comerciais, entre eles a caixa econômica, bar lanches  perdigão ,hospital de caridade de Jaguaruna ,em frente ao laboratório do hospital ,aliás não sabe-se por onde se começa.

O terminal rodoviário já foi alvo de matéria anterior, parece que nada mudou, pois a imprensa  não pode levantar  os problemas infelizmente tem pessoas que não gostam.

Praça do hospital esta  novamente abandonada, praça da igreja matriz recentemente foi passada uma caição  devido a festa da padroeira, campo do rio branco  as academias ao ar livre estão deterioradas, estamos  com um lixão próximo a garagem da prefeitura que o povo não respeita, e lá estão depositando tudo, sofás, computadores, mesas aliás um caos.

O que fazer para que possamos mudar a estética do centro da cidade ,pois sabemos que  os balneários  logo logo, receberão a atenção do poder público, mais realmente esta em estado deplorável, o chuveirão, e outros locais sem falar do mariscão  que  deixa o balneário arroio corrente mais feio um pouco   com a sua criação de cavalo  .

O que terá que acontecer em Jaguaruna ,será que precisa  vir alguém de fora para administrar nosso município

E piór falam em viver do turismo da maneira que está fica difícil

O poder público tem que se mexer urgentemente ,e o povo tem que ajudar a não sujar a cidade pois se continuar desta maneira ficaremos reconhecidos com um rótulo que ninguém gostaria de ter, a cidade das praias, virou a cidade da sujeira.

Se faz necessário que os nossos governantes saiam de dentro dos gabinetes ,e visitem as comunidades  caso contrário fica difícil ver a realidade de Jaguaruna

 

Fonte: Redação Sul em Destaque

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *