Secretária Municipal de Saúde de Jaguaruna Explica o Problema de Falta de Atendimento em Saúde No Balneário Torneiro

Jaguaruna

Após receber algumas reclamações de moradores do balneário Torneiro em Jaguaruna no que se refere ao quesito saúde  , e sobre a falta de atendimento  médico na comunidade, e  sabendo da existência  de  um posto de saúde naquele balneário, mais que mesmo assim  o município  não coloca  o atendimento médico  ao alcance dos moradores  nem mesmo para aferição de pressão arterial e muito menos  com atendimento de profissionais de enfermagem e médicos, buscamos junto a secretária da saúde o verdadeiro motivo  de não haver estes benefícios  a saúde dos Jaguarunenses moradores do balneário Torneiro.

Segundo a Secretária de Saúde de Jaguaruna Maria Leonor Dacorégio,o posto de saúde do balneário Torneiro esta desativado, assim como foram desativados os postos de saúde  das comunidades de poços e balneário Esplanada através da administração anterior pelo fato de que  não se aceita mais um o deslocamento de profissionais da equipe de  saúde  enfermeira e médico de uma comunidade para outra.

Agora se faz necessário um credenciamento  no ministério da saúde para se conseguir uma EAP-equipe de atenção primária ,como já foi feita para as comunidades de poços e esplanada, onde é disponibilizada uma equipe mínima primária, juntamente comum médico e uma enfermeira para  a referida unidade de Torneiro pois só assim poderá reabrir a unidade daquela comunidade com uma equipe de trabalho de 20 horas.

A secretária da saúde de Jaguaruna Maria Leonor Dacorégio, afirmou que os esforços já estão sendo concentrados também para conseguir a EAP-equipe de atenção primária para a comunidade que esta desassistida e que inclusive  os moradores já estão sabendo do que esta sendo feito para a reabertura do posto.

Finalizando assim a parte  burocrática e documentais ,aí oposto de saúde terá que passar por uma reforma com troca do telhado e melhoramento da sede, e que é o desejo da atual administração reativar  aquele unidade de saúde, porém só não precisou datas.

O que se estranha é que esta atual administração já esta no poder a quase dois anos e pelo jeito não houve tempo habil para requerer junto ao ministério da saúde a tal EAP-Equipe de atenção primária, e até quando os moradores do balneário Torneiro terão que esperar pela EAP  e pela reforma do posto de saúde,fica a pergunta no ar.

Fonte:Redação Sul em Destaque

 

Fonte: Redação Sul em Destaque

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *